Arquivo do mês: novembro 2010

Brahms

Quando estava escrevendo meu primeiro livro, a novela Crônica da Banalidade, o toca-discos ficava o dia inteiro ligado no meu apartamentinho de Capim Macio. Lembro que tocava insistentemente o Concerto Para Piano, Clarinete e Violoncelo, Opus 114, de Joahnnes Brahms. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Laranja Mecânica

Fui dormir perturbado com a notícia sobre os rapazes da classe média alta paulistana que saíram às três da manhã e ficaram até às seis da manhã agredindo pessoas, principalmente aparentes homossexuais, que passavam naquele horário na Avenida Paulista. Acordei … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Poesia

  A fruição de obras de artes tem suas surpresas. Um dia estava na Livraria Siciliano, do Midway (quando ainda era lá embaixo), procurando um livro para satisfazer meu desejo por arte. Fiquei diante da prateleira de artes plásticas lambendo … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Teatro

É foda quando você passa dias e dias sem inspiração para escrever nem que seja um bilhete de suicida. Resta o cinema e aí para mim são os filmes que chegam pela televisão. Hoje quero falar de Longa Jornada Noite … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários