Rascunho 17

 

Homens

 

O primeiro a reagir ao ataque a Helena foi Heitor: Vou sangrar esse filho da puta em praça pública, vou espalhar suas tripas pela rua da cidade, só não vou beber o sangue desse desgraçado porque o sangue dele é de satanás! Assim, de olhos esbugalhados, Heitor falava para o nada… Para as palmas da macambira… Para os galhos secos da algarobeira… Para os ruminantes no curral… Ele riscava a faca no terreiro levantando poeira e seus olhos soltavam faíscas.

Páris foi mais comedido: Vou denunciá-lo em todos os jornais, rádios e TVs desse Estado de merda. Ô lugarzinho nojento esse em que vivo, meu Deus! Quero ir embora logo dessa porra! E seu inconsciente disse, quero ir embora logo daqui com Helena.

Padre Agostinho ajoelhou-se diante da imagem crucificada, ensangüentada e violentada de seu semi-Deus e rezou, rezou com fervor para afastar aquele ódio que lhe subia pela garganta. Para afastar aquele desejo de assassinato que lhe subia pelos punhos e lhe dava vontade de esganar. Rezava também para afastar aquele desejo insuportável que subia de suas entranhas.

Anúncios

Sobre feriasnoinferno

Meu nome é Carlos de Souza, mas todo mundo só me conhece por Carlão. Sou jornalista e andei escrevendo uns livros bestas. Vou continuar fazendo essa merda.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s